Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

VIAGEM SEM REGRESSO

Viagem sem regresso.jpeg

VIAGEM SEM REGRESSO

 

Por norma e quando morrer,
A este universo doarei tudo,
Sem direito a reclamar.
No quanto que levarei,
Serei aquilo que cá deixar...
O sonho, ilusão, sofrimento,
Lágrimas de um tormento,
A obra e a arte, dedicação
E um orgulho de quem sou,
Árvore que nunca abanou,
Nascente que rostos lavou,
Rio que águas levou,
Argila que a mão moldou;
Quem nunca a besta beijou,
Nem a um deus se entregou,
Em tal mundo de confusão...
E quantas vezes comendo,
Entre quimeras engolindo,
O pão que o Diabo amassou.
Serei a pedra no cimento,
Argamassa do que sei,
Pintura de cal luzidia,
Palavra na voz de um mudo,
Mestria nalgum saber,
Luz da alma, noite e dia,
Punho de qualquer momento
E estando sempre por perto.
Serei tudo, menos paspalho!...
Rocha, por entre o cascalho,
Água fresca no deserto,
A chama, em noites de Inverno,
Extrema-unção dos pecadores,
Antes de partirem pro Inferno...
Segredo de quantos amores!
Deixarei saudades,
No meio de algumas certezas
E quantas mais incertezas,
Por entre muitas verdades...
Levarei tudo, sem levar nada!
Por tamanha minha vontade,
Espalharei força, recados,
Em prol dos desgraçados,
De qual vida malfadada
E à mão de tanta maldade.
Partirei, no desejo de regresso
E por lamas que não confesso,
Nem nas linhas de um verso...
Serei saudade do controverso
E, em tudo o que cá deixo,
Pouco sendo o que me queixo.
Não querendo ser plural
E muito menos ser igual,
Tudo me soube a pouco...
E deveria ser mais louco!

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D