Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

TRISTE FADO

Fado #1.jpg

TRISTE FADO

 

Meu amor, minha alma,
Meu soluço ao anoitecer,
Minha força, minha calma,
Minha luz ao Sol nascer,
Meu corpo, meu reviver,
Minha vida, minha morte,
Meu momento de sorte,
Lembrança ao estremecer.
E em recompensa sagrada,
Serei tudo, não serei nada,
... Doce paz, dura luta,
Meigo, filho da puta,
Deitado em qualquer cama,
Em lençóis cheios de lama,
Banhado em pouca sorte,
Será esta a minha morte...
O meu destino, triste fado!

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D