Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

TANTAS FERAS... TANTOS CORDEIROS!

Tantas feras... tantos cordeiros!.jpg


TANTAS FERAS... TANTOS CORDEIROS!

São tantas as feras, essa praga de lobos,
Que não há presas cujas lhes subsistam!...
Tal fome é desmesurada e enraivecida,
Presas à mostra, moral tão enegrecida!...
Já não há corpos nobres e que resistam,
Sendo demais os tropeções e tombos!...
Quantas mais as feras, mais os cordeiros,
Num redil, obedientes e quanto crentes,
Que dói!... Dói e revolta, essa ignorância,
Em tamanha pasmaceira e subserviência,
Carregando fardos, cheios de obediência,
Ladrando, mas lambendo sua excelência,
Levando, às costas, a carga, doces fretes,
Felizes e contentes, meigos, tão serenos...
Mal empregado tempo em ditas revoltas,
Para que, agora, se trilhem outras voltas!...
Deixem-me rir, cuspindo nessa vossa cara
E que já qualquer outra coisa não merece,
Tão-pouco o travesseiro em que adormece!...
As feras, essas multiplicam-se, sorridentes,
São lobos esfomeados, por grandes festas,
Numa adormecida sociedade, que não pára,
Aceleradamente, engordando de contentes,
Comendo as papas no topo de vazias testas!...
Quando acordarem, roam os próprios ossos,
Pois que nada mais restará por este pântano,
Em árido, poeirento deserto e vazios bolsos,
Alimentando os espertos e crânio mais sano!...
Os "lupus" andam às claras de quantos cegos...
Sentem-se à sua mesa, deixem-se adormecer,
Comam os restos cuspidos, sustentando egos,
Voltem-lhes o cu e, serenos, sintam o prazer!...

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub