Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

TAMANHA OBEDIÊNCIA

O burro e o dono.jpg

TAMANHA OBEDIÊNCIA

 

Tão real é a minha indignação,
Como possível a minha razão...
Vezes, sem conta, penso-me varrido!
... Varrido, por tudo à volta sucedido
E sem sequer poder mexer uma palha,
No meio deste desabafo, como outros,
Palrando aos ventos, como uma gralha
E sem receber resposta que me valha...
Simples investidas em certeira malha,
Em cegos, sem de si nada enxergarem,
Seguindo à mão dos seus cabrestos,
Contentes e felizes, asnos, zurrando,
Obedecendo à voz de algum mando
E aceitando tudo o que lhes derem.
Tolhidos nos mais perfeitos arreios,
Carregando a mais nojenta albarda,
Lá seguem, em fila, dando pinotes,
Enquanto os montam e contentes...
Questiono-me, nos meus anseios,
Se estou louco, ou fora da carroça
E, com este jeito, não façam troça,
Pois minha couraça não é parda,
Como a cor de qualquer burro...
Pelo que penso, falo e não zurro!

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub