Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

SEMENTES PERDIDAS

Ás de Copas #1.jpg

SEMENTES PERDIDAS

 

São semeadas ao longo das estradas,
Como árvores condenadas pelo fogo,
Ao sol e ao vento, na chuva perdidas,
Como cartas na manga, perdido jogo.

 

São plantas condenadas ao consumo,
Absorvidas por ervas, essas daninhas,
Perdidas em densos campos de fumo,
Queimadas, doridas na sorte, feridas.

 

Lá lançam os seus sorrisos e encantos,
A tantos quantos passam ao seu lado,
Encerrando em lágrimas o triste fado.

 

Escondem, na noite, os seus lamentos,
Nalguma esperança de outro acordar...
Amanhã, talvez seja outro verbo amar!

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D