Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

PERCEBER E ENTENDER

Perceber e entender.jpg

PERCEBER E ENTENDER

 

Quanto mais te entendo, menos te percebo
E sem compreender, às vezes, o que queres;
Sei que me questionas e mais te interrogas,
Num jogo difícil de manobrar, em lance falso,
Mas também sei que não duvidas o que sou,
Nem mesmo o que quero perceber, sem aval.
Questiono, porque quero o que não me basta,
Pois sou iguaria, sabor refinado no melhor sal,
Escultura singela e esculpida à melhor casta,
Embora nalguma cantaria que de obra sobrou,
Passarela do teu piso no melhor sapato raso,
Sendo estas as minhas merecidas entregas...
E tu, mais que ninguém, bem me percebes,
Minha abelha-mestra da colmeia que lambo.
Questiona-me, que eu faço-me de surdo...
Hoje não te ouço, amanhã sou surdo-mudo.
Talvez um dia, - um dia! -, irei contar-te tudo,
Tudo o que não houver para que possas saber,
Todo o resto já tu sabes e não deves esquecer:
... Sou quem de melhor terás no mundo!
Com toda esta maravilhosa e arrumada razão,
Sou chaveiro, abro portas secretas do coração...
Esta é do meu!
... Posso abrir o teu?

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D