Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

NESTE MEDO

Neste medo.jpg

NESTE MEDO

 

Não tenho medo do tempo,
Da chuva, mesmo do vento,
Do nevoeiro e seu cinzento,
Do frio, ou da força do calor;
Tenho medo de ti, como ser,
Que me iludes no teu saber
E me arrastas no sofrimento,
Sem ouvires o meu lamento...
Tenho medo do teu rancor!
Sinto essa hipócrita distância
Em que te patenteias na vida,
Neste mundo, que não é teu,
De altivez, na tua arrogância
Cuspindo, de soslaio, a ferida
E quem, na tua culpa, sofreu.
Tenho medo, evidente medo
E vergonha, que tu não tens...
Sinto nojo, quando me vens
Em falinhas mansas de santo,
Embrulhado num reles trapo,
Disfarçando o melhor manto
E que nunca tenhas despido...
Pouco mais és, que um sabujo,
Mais um, neste universo sujo
E agarrado a benzidas crenças,
Em que não vês as diferenças
À tua passagem no mundo...
Bebes o tal sangue de Cristo
Nalgum cálice que não deves,
Tomas a tua hóstia num misto
Do corpo de quem mais feres,
Tu, imaculado santo imundo!...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D