Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

NESTA REVOLTA...

Nesta revolta.jpg

NESTA REVOLTA...

 

Já todos devem ter percebido da revolta e o ódio, que me andam a consumir, não só por mim, mas por tudo o que anda à nossa volta. Nesta revolta, dou-me ao luxo da afirmação de que, relativamente ao que seria necessário, nem dez Che Guevara chegariam para a justiça, fuzilamento, da maioria que nos anda a sugar o sangue, desmembrar a seu bel-prazer, auto-rotulados de senhores daquilo que não são, mas que o conseguem devido à passividade de um povo que, de há muito, anda adormecido. Não acredito em Deus, pelo simples facto de que, se Tal houvesse, a grande maioria das pessoas já teria sido banida da superfície terreste e Tomado providência para que esta merda de mundo não andasse como anda, tudo isto na Sua divina justiça e castigo ao prevaricador... A Esse Filho da puta, como muitas vezes lhe chamo, sem medo, porque e se Ele existisse, iria ficar sentado à Sua direita, aquando da Sua chamada, por direito das minhas verdades, humanismo e que, Ele, como Ser superior, inteligente e digno na Sua justiça, reconheceria a minha razão, peço que e a tal Justiça, todos os que envolvidos em processos ao meu semelhantes, aspirantes a chefes de gabinete, sôfregos na apresentação de trabalho, vasculhando processos que nem ratazanas, sem olhar a meios para atingir fins, lambe-botas das botas que os hão-de espezinhar, aquilo ao que de mim exigem, nas suas certezas infundadas, nos sistemas usurários que defendem, que dez vezes desse mesmo valor não lhes chegue para pagamento na farmácia e hospitais, para tais e todos os demais queridos, assim como não chegue para pagamento do funeral a que nem o direito deveriam ter, a não ser em terra profanada... Ao contrário do que se possa imaginar, não estou a morrer de fome, mas sinto os meus direitos, numa Pátria doente e sem valores, muito menos sociais, só com deveres e sem direitos, com os mesmos sempre a engordar cada vez mais. Peço a Deus e ao Diabo, que justiça seja feita e que todos os envolvidos nem no Inferno tenha entrada e, até lá, sossego nesta terra à qual não têm direito... Após as suas mortes, que ardam nas chamas do Inferno e que todos os seus descendentes sofram na pele aquilo que desejam aos seus semelhantes!!!... A estas palavras e pensamentos me obrigaram e com elas morrerei, por muitos anos que me restem! Que a minha profecia lhes seja justiça...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub