Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

MERA MENSAGEM DE UM PORTUGUÊS REVOLTADO...

Bandeira de Portugal.jpg

MERA MENSAGEM DE UM PORTUGUÊS REVOLTADO...

Hoje e como outras vezes, fui às compras, já preparado para o que desse e viesse... O açambarcamento decorrente de géneros, deu origem ao caos e algumas roturas de stock (estrangeirismo!), o que leva a referir-me e cada vez mais, à razão pela qual, – já demasiadas vezes! –, a vergonha e incómodo de ter nascido português, pois que e sendo nestas alturas, se observa o quanto somos um povo egoísta, falso e desorganizado, passando a vida a afirmarem-se como exemplares, simpáticos, amigos do seu semelhante e de terno coração, crentes em Deus, – cometendo os sete pecados mortais! –, a que, ninguém e ao cimo da Terra, nos será igualável, mas vendendo sentimentos, comparando-se a demais e dizendo que os nórdicos são de coração frio, enquanto "não basta parecer, mas ser", como a mulher de César... Ontem, fiquei "pior que urso", – piurso! –, quando um dos meus filhos, tendo ido às compras, pois que a encomenda feita no Domingo, via "Online", só estaria pronta para entrega, segundo uma mensagem electrónica, no dia 8 de Abril, – sim, imaginem e leram correctamente! –, 08.04.2020 e, qual foi o espanto, tendo carregado o carro de compras com duas pequenas embalagens de papel higiénico, – 2 embalagens pequenas! –, com mais nas prateleiras, quando foram a pagar já só tinha uma, pois que, a outra, alguém, – possivelmente com diarreia mental! –, se tinha feito à embalagem, enquanto observavam qualquer outro produto de necessidade... São esses, de certeza absoluta, na maioria, que lambem o cu e as botas, aos nossos (des)Governantes, – não estou a dizer este (des)Governo, mas todos e sem excepção! –, pactuando para que tenhamos atingido uma situação que poderia ter sido evitada, pelo menos minimizada, bastando ter estado atento e aprendido, com o que já era conhecido noutras zonas do Globo, mas preferindo fechar as portas depois da casa roubada. Assim se compreenderá a razão daquilo que tantas vezes tenho afirmado, ter nojo e vergonha de ter nascido neste que poderia ser "um jardim à beira-mar plantado" e não autorizando que algum, dito muito português, se autorize a ser mais PATRIOTA que este revoltado aos ignorantes, egoístas e comodistas, mas sem tal o reconhecerem, por tão incultos que são e em letárgica maioria!... Posto isto, tendo pena de Portugal e de outros portugueses, deixo ao critério de análise toda esta minha revolta, em que cada um interpretará consoante as botas que lambe e os cus que passa a pano!...

( Manuel Nunes Francisco ©® )

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D