Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

MAR DE CHAMAS II

Incêndio #1.jpg

MAR DE CHAMAS II

 

Choram minhas lágrimas, meus olhos
Que noutros tempos te percorreram,
Campos e serras, que outrora tanto vi
E agora vejo de luto, nessas tuas cinzas;
Pinheirais, essas distâncias em que vivi
E circundavam a escola que me ensinou
Parte daquilo que hoje tão pouco sei...
Mas que recordo esse pó que caminhei,
Calor que senti e nunca me derrubou.
Lembro-me daquele tempo, momentos
Em que, no luto da noite, serras ardiam
Ao longe, vividos infernos de labaredas
Aos meus olhos de criança e inocência...
E, pensando que tudo tinha observado,
Afinal tudo me tinha passado ao lado
E que tal obra dantesca estaria para vir,
Em que, de morte, o Diabo se veio servir...
Que os servos que te serviram de pasto,
Alimentem a tua morte e por arrasto...
E que no reino dos vivos e da esperança,
Se invoque o perdão de tal lembrança
E o futuro seja paz em efervescência...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub