Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

GAIVOTA

Gaivota.jpg

GAIVOTA

 

Não chores, minha gaivota branca
E continua esse teu voo, sobre o mar,
Com o olhar prisioneiro da distância,
Nas profundas cores do arco-íris
E na consolável força da esperança.
Rasa as águas, que te viram nascer,
Sobre as quais aprendeste a voar,
Aterrando ao longo de areias, teu porto
E que, no seu calor, te deram conforto...
Gaivota, mostra-me a tua envergadura
E faz-me sonhar...
Deixa-me partir contigo,
Feito caravela, marinheiro, teu amigo
E quem, um dia, há-de voltar,
No embalo de uma lembrança...
Deixa que seja esse teu olhar, a tua íris,
A restante luz e antes do escurecer,
O teu vento, o mar e sua fragrância,
A divina e bem compassada dança,
No imenso palco de espuma salgada,
O mastro e teu par, que contigo balança,
Na suave melodia de uma onda chegada,
O doce descanso, nesta vida e tão dura,
O abrir de uma porta, no cair da tranca...
Confessa-me o segredo da tua liberdade
E conta-me histórias de saudade...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D