Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

FALSIDADES

Falsidades I.png

FALSIDADES

 

Estupidamente, estou para aqui a pensar!...
Tu, que até te consideras o mais crente,
Quantos amigos e familiares, venderias
E, com o Diabo, o melhor negócio farias,
Se este te oferecesse o seu soberbo império?...
Estou e simplesmente, a raciocinar
E é algo que me atormenta a mente!
Pergunto-te, novamente, que te sentes perfeito,
O que farias e se não venderias a alma ao Diabo,
Se este te entregasse tudo ao melhor jeito,
Joias, riquezas, castelos e poder absoluto,
Em que te tornasses dono deste mundo pardo,
Por quanto futuro e no mais diário,
Mesmo que o maior filho da puta,
Com todos e à tua volta, a morrer de fome,
Interessando a tua arrogância absoluta,
Num sono encantado de quem melhor dorme
E no conforto de quem nada mais sente?...
Pergunto-te, meu filho da puta, sem desplante,
Se te sentes bem, nessa imagem de farsante
E a que só te interessas de ti e do teu rabo,
Passeando a tua vida colorida, mas de luto...
Como consegues dormir, em tão profundo?...
Estou a remoer, para aqui, comigo próprio,
Numa imensa vontade de te chamar javardo,
Pois que não quero ofender qualquer porco,
Porque és o maior animal, de todos os animais,
Na dimensão do mais conseguido ignorante
E nesse teu ego, chafurdando bem no fundo,
Que só te admiras a ti e a ninguém mais,
Comendo pelo teu próprio esterco,
Mergulhado nesse teu ócio imundo,
Nesse teu estatuto de reles parasitário,
Garimpado fosso de merda e tão fecundo!...
Desnecessariamente, estou para aqui a reflectir,
Sem o que seja de muito mais para ver,
Ou que algo de mudança esteja para eclodir,
Mas numa vontade enorme de te mandar foder!...
E continuo a pensar, a meditar, num tal adorno,
Que é minha vontade em te chamar de corno!...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D