Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

EUROPA E A CATALUNHA

Catalunha.jpg

EUROPA E A CATALUNHA

 

Na última semana, não que me diga respeito, ou aos portugueses em geral, tenho pensado e reflectido, sobre o caso da Catalunha, quanto ao seu, ou não, direito à independência, livre e soberana. Não sou historiador, nem a tal título, mas e historicamente, o assunto perante a Europa, - leia-se, interesses de alguns e estupidez de outros! -, cai no esquecimento da longevidade, de quem foi anexado, com língua própria e cultura, no pretérito do tempo... Assim, talvez que o receio se estenda a que, a Inglaterra e como não poderia ser algo diferente, vem logo apoiar o Governo Central Espanhol, pois que tem telhados de vidro quanto à Irlanda, à Escócia e País de Gales, muito principalmente e isso é o mais grave, o imbróglio com Gibraltar, não vá Espanha azedar. Espanha tem os diversos e iguais problemas com o País Basco e Galiza, assim como Ceuta, no que diz respeito a Marrocos, pior ainda no que se refere a Olivença e pelo qual questiono se tivesse sido Portugal a manter anexado esta vila e seu território adjacente, qual a posição que Madrid já teria tomado... e certamente! Pelo contrário, como não poderia deixar de ser, ao bom temperamento português, a República mantêm-se calma e serena, lambendo o país que lhe cospe em cima, nem tampouco respeitando o Tratado de Viena de Áustria, formulado duas vezes, se não estou em erro, quanto à legítima devolução dessa terra, genuinamente lusa e que nunca aconteceu, desrespeitando o imposto e declarado na obrigação desse mesmo, tal como o compromisso assumido. Mas a Europa, nos interesses que lhes são propícios, apoia, até porque esquece o que tem defendido quanto à Crimeia, não esquecendo a questão da Alemanha quanto a um ou outro país vizinho, isto para já não falar dos semelhantes problemas internos de Itália. Quanto à França, o eterno assunto de Alsácia-Lorena com a sua ocupação mantida, - com que direito devemos perguntar!? -, não esquecendo as disputas independentistas referente à ilha de Córsega... E a Bélgica!? A questão de soberania quanto à ilha de Chipre, é o que se sabe, ou querem-nos fazer saber. Todos os países de leste foram desmembrados e com a razão de terem sido constituídos na sua formação pela anexação de outros e o velho continente aprovou, defendeu e com toda a legitimidade... Agora, quanto ao direito catalão, onde paira essa mesma razão e legitimidade, pergunto eu, simples leigo!? De facto, mais uma vez, a Europa provou andar a duas velocidades e a reboque de alguns, queimando outros... A história foi e sempre será, escrita pelos vencedores. Assim, como não poderia deixar de ser, na figura de mero leigo, vou continuar a pensar e melhor reflectir!!!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub