Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

ESTRADA DO DESTINO

Estrada do destino.jpg

ESTRADA DO DESTINO

Sigo a estrada do idolatrado destino,
Buscando segundos a horas perdidas,
De um tempo que não mais se alcança,
Daquilo que já passou, raso e no pino,
Brasas incandescentes, tanto ardidas,
Feitas em cinzas, numa tal lembrança...
E controlo as mais desafiantes curvas,
Contornando o risco a certo derrapar,
Desafiando extensas rectas seguintes,
Deixando pelo vento as mentes turvas,
Por quanta imensidão para esfarrapar,
Em que árvores e bermas são ouvintes...
Embalo-me pelo roncar de qual mota,
Tampouco me importando se a minha,
Ou de outra qualquer e que me segue,
Importa-me, sim, ouvir a mesma nota,
Sinfonia para os ouvidos e mansinha,
Na força que o seu motor à via pregue...
Sigo o crepitar cativante do horizonte,
Da vida, do Sol, dum azul que alcanço,
Pelo desafio aos pássaros que tal vejo,
Afastando-me da dormência e a monte,
De uns quantos no mais diário balanço...
E, portanto, sigo, guiando esse desejo!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

DESTINATION ROAD

I follow the road of the idolized fate,
Searching for seconds to lost hours,
From a time that is no longer attained,
From what's been, shallow and pin-
Glowing embers, both burned,
Made of ashes, in such a memory...
And I control the most challenging curves,
Bypassing the risk to certain skidding,
Challenging long following straights,
Leaving the blurred minds by the wind,
By how much stun to stun,
In which trees and berms are listeners...
I'm snoring from which bike,
Nor do I care if mine,
Or any other one who follows me,
I do care, yes, to hear the same note,
Symphony for the ears and meek,
In the force that your engine to the track preach...
I follow the captivating crackle of the horizon,
Of life, of the sun, of a blue that I reach,
By the challenge to the birds that I see,
Moving away from numbness and the mound,
Of a few in the most daily balance...
And therefore I follow, guiding this desire!...

Manuel Nunes Francisco ©®
All Copyrights reserved and protected pursuant to Law 50/2004 of August 24 - Author's Code. The author authorizes the sharing of this text and/or excerpts thereof, as well as the unpublished image, if any, provided that it is kept in its original formats and must be mentioned the authorship of the intellectual work.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub