Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

ESTES FINAIS DE INVERNO

Estes finais de Inverno.jpg

ESTES FINAIS DE INVERNO

 

Embrenho-me na distância
E tanta chuva que cai, tocada,
Lavando as minhas mágoas,
Frenética melodia dançada...
Neste vento que sopra forte,
No ouvir de sons que rugem
Como feras e se confundem,
Levando-me os pensamentos
E perdidos no meio do nada...
Tantos, sem saber para onde
E outros que são sacudidos
Nesse bailar da turbulência
E arrancados à consciência...
Do que não quero pensar,
Ou tão-pouco relembrar,
Na mais ínfima obediência...
Tanto me manda a sapiência
E outro tanto a ignorância.
Observo as aves que cantam,
Num abrigo do meu quintal
E outras que fogem à morte,
Em busca de qualquer sorte
E algum refúgio do pinhal...
São estes dias que teimam
E já se despedem de mim;
Estes dias cinzentos, finais,
Deste terminal de Inverno,
Que arrefecendo o inferno
Deste mundo e sem calor,
De gente tão martirizada,
Escorraçada, amordaçada...
Que tanto de mais assim,
Pelas razões mais banais
E num sofrimento de dor.
Neste pensamento amargo,
Na vontade de outros gritos,
Sinto-me tentado ao encargo:
Juntar-me aos demais aflitos
E acordar de erróneos sonhos...
Dos sonos ácidos, medonhos,
Ou de tanta noite perdida,
Erguer, bem alto, meu punho,
Por quem de melhor merece,
Nesta força que me acontece
E tornar esta luta meu cunho.
As águas passam e correm,
Nunca sob a mesma ponte,
De tanto batem que moem
E as de hoje, mais barrentas,
Amanhã serão límpida fonte,
Fortuna de qualquer monte
E cada um de nós, de mendigo,
Crente nas palavras que digo,
Terá o seu título de conde,
Quem sabe, talvez de rei...
Assim o queiramos, tanto quanto sei.
Por cada Inverno e por mais gélido,
Por mais neve que caia no prado,
Haverá sempre uma Primavera,
Nas suas paisagens verdejantes,
Sonho dos mais loucos viajantes,
Neste perdido mundo de quimera
E em que a mais perfeita solução
Estará ao alcance de cada mão,
Mesmo que por mais cansadas,
Ou que de tão sujas e sangrentas...

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D