Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

ESTE CANTO À BEIRA-MAR

Honestidade na política.jpg

ESTE CANTO À BEIRA-MAR

 

Este paraíso, à beira-mar plantado,
Nem é preto e branco, nem a cores,
É um território pintado de cinzento,
Em que de cor só sustenta as dores,
Prisioneiro de um terrível lamento...
E, de preto, só se vestindo de luto,
De tremendo funeral a seu estatuto.
É céu, terreno, mar e amordaçado,
Num povo deveras acomodado
E que grita, aos céus, estar cansado...
É chulice de quantos nos exploram,
Nos vomitam, no pouco que temos,
Exclamando o quanto nos adoram,
Enquanto burros naquilo que demos.
Este canto é uma imagem latente,
Que só abrirá os olhos, de repente
E quando mais nada houver a fazer...
E sonhando, neste doentio prazer!

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D