Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

ESTA SOCIEDADE LUSA...

Luís Vaz de Camões.jpg

ESTA SOCIEDADE LUSA...

 

Vamos deixar-nos de histórias e desculpas, e chamemos os bois pelos nomes: os portugueses são uns cobardes! Arranjam sempre desculpas para qualquer problema que exista: se chove, é porque chove, se faz sol, é porque faz sol e assim sucessivamente... Choram no silêncio do conforto, nunca pensando por sua própria cabeça, mas por defesa deste, ou daquele partido, ou sindicato e nunca aprendendo com os erros. Têm memória bastante curta: veja-se o caso dos incêndios, Borba, corrupções, trafulhices bancárias, parlamentares e partidárias, situações caricatas e desonestas, passadas por este país fora, transversalmente, mas continuamos, calmos, – para não dizer parvos! – e serenos, como se estivesse tudo bem e sem que a justiça se manifeste a tempo e horas, para que tudo seja esquecido... São sempre, – repito: sempre! –, os mesmos a pagar as dívidas do país, os impostos, a roubalheira e seja ela qual for, desde que seja dos banqueiros, ou outros que tais, em que os políticos e maiores trafulhas, se protegem, enquanto nós apoiamos,– sim, apoiamos! –, pois que nada fazemos para que se alterem estas realidades. Seja, qualquer que seja, a tentativa de manifestação de descontentamento, aparece, logo e de imediato, alguém a dizer que são organizações de Direita, ou de Esquerda, mas sem nunca fundamentar essa afirmação e sem qualquer tipo de provas; o que interessa é defender a dama, seja ela qual for, enquanto os grupos políticos se vão continuando a rir, nas nossas costas, pois que a calmaria é o que mais lhes interessa, vindo a público afirmar que e assim, é que vivemos num Estado de Direito e Democrático, como se as revoltas e protestos, não fizessem parte desse valor da Democracia e, assim, deixando espaço de manobra para que façam o que melhor entenderem e em seu belo proveito. Os ricos e poderosos, conhecedores das leis que foram manipulando, com compadrios e portas abertas na lei, que eles e outros que tais, bastante bem construíram, através dos tempos, escapam-se, sem que nada seja feito e aos nossos olhos, mas, segundo o pensamento popular, está tudo bem neste país... a saúde, a educação, a protecção social e a tal justiça, o equilíbrio de Impostos e impostos por este, ou aquele Governo e ao longo do tempo, interessando que o povo esteja adormecido e drogado, com as mais diversas conversas e promessas da treta... Quando algo se organiza, até mesmo isso não é devidamente concreto: nunca se sabe quais as verdadeiras causas e objectivos, o que está por detrás das reivindicações, ou quem as organiza, dando portas abertas à dúvida, ao mesmo tempo que se constroem argumentos partidários e patéticos à sua volta. Com tudo isto e meu desabafo, mais uma vez afirmo e bem alto, que esta Pátria nunca há-de passar da ignorância, obscurantismo e fazendo parte de uma civilização atrasada em conceitos e direitos, numa soberba falta de mentalidade. Lamento, mas somos um país de atrofiados mentais, acomodados, numa falta de jeito para as questões essenciais da sociedade, pessoais e colectivos, dando, de mão beijada, todo o caminho a uma classe partidária e que vive à nossa conta, engordando e cada vez mais, enquanto vamos emagrecendo até ao osso que nos restar... VIVA PORTUGAL!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D