Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

ESTA FILANTROPIA

Esta filantropia.jpg

ESTA FILANTROPIA

 

Não sei se é tempestade de filantropia,
Ou se um grito, no meio de tanta agonia,
Mas sei, -se sei!-, no meio de tanta peia
Há esta tristeza, que me fustiga a ideia.

 

São tantas as vozes, quantos os prantos
Espalhados ao vento, semeados conflitos
Derramados por campos, cobertos de gritos
E bombas caídas do céu, sobre anjos aflitos.

 

É neste perfeito drama de Dante, esta obra
Ainda mais perfeita que toda a imperfeição,
Pois tal é arte do homem e à sua dimensão.

 

De todas as peças perfeitas e a tal manobra,
São os restos da desfeita carne para canhão,
Que a besta vende, devora sem compaixão.

 

( Manuel Nunes Francisco ©® )
( Imagem da net )

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub