Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

Caravela ao abandono...

Caravelas quinhentistas....jpg

Caravela ao abandono...

Não gosto de me agarrar ao passado, se fiz bem, ou se fiz mal... e passado é passado, ponto final! Nada me arrependo daquilo que fiz, salvo ter tomado um caminho e do qual me arrependerei, até que a morte me leve a um outro inferno e sendo, ter estado num país de vanguarda, com propostas que não passaram pelo caminho de muitos nativos, quanto mais estrangeiros e refiro-me à minha saudosa Alemanha. Por razões que não vou aqui divulgar, entendi regressar, pelo que, quantas vezes afirmo, deveria ter partido as duas pernas, ou morrido, pelo erro que cometi, regressando a um país que nada me deu, nem me mereceu, o mesmo que a qualquer outro cidadão, me roubou e explorou, num sistema de políticos corruptos e povo que os apoia, os determinados lambe-botas partidários e que ajudam a que este recanto se afunde e sem qualquer salvação possível! Hoje, olhando para esse passado, entendo a razão pela qual se afirma que com os erros aprendemos e que, para aprendermos a nos levantar, primeiro é preciso cair... e quanta verdade, cuja descobrimos, quando já demasiado tarde! Somos um paraíso para os corruptos, alimentados por um povo que nada enxerga, além de praia, futebol e telenovelas, entregue à triste ilusão de sermos os melhores e nada havendo superior a nós, talvez sim, que tenham razão, caso se refiram a hipocrisia, ignorância, falta de Cultura, arrogância e inveja, caminhando num carneirismo e tosquiados por quantos lhes comem os ossos, pois que a carne vai ficando fraca e escassa... Triste caravela, de casco cada vez mais podre, navegando contra as rochas e tempestades, sem areal que lhe acuda!...
Manuel Nunes Francisco ©®

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub