Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

ALMA DE MAR...

Alma de Mar....jpg


ALMA DE MAR...

Mar, esse que alguém disse haver ir e voltar!...
Porém, talvez que de longe ignorando,
Aquilo que a aventura tinha traçado,
Além do mar e em que tal povo iria navegar
E sem que ainda houvesse tal mérito alcançado...
Seriam tantas as ondas, como barcos a conquistar,
Quantos por esse mar tristemente naufragando!...
Outrora houve remos, coragem, em quanto vigor,
Velas que se afastavam da costa em rigor,
Barcos, cascos desenhados à procura de horizontes
E, além dos horizontes, houve terras aos montes...
Tudo morreu, assim que essas naus encalharam,
Enquanto os marinheiros se iam afogando,
Salvo os ratos de porão e cujos à arriba se deram!...
O que restava da proeza foi-se afastando da costa,
Enquanto os sonhos se foram diluindo na espuma,
Sem que novas ondas se fossem manifestando,
Arrastando o sal que se perdeu dos temperos,
Deste país de marinheiros, navegando na bruma,
Num desajeitado remar, tão prestes a naufragar,
Perdidos neste tempo e nos seus desesperos
E que tudo entregam ao comodismo do encosta!...
Os mares perderam-se, tal como a rota de navegação,
Afundou-se a língua, assim como toda uma história
E, por arraste, foi-se tudo o que restava de glória...
Todos dormem no conformismo e pensam ter razão!...
Resta-nos um povo subserviente, à beira-mar estagnado,
Adormecido, profeta da ilusão e sem rota de alto-mar,
Navegando neste pântano, entre águas putrefactas,
Ancorado no mais diverso porto e de há muito resignado,
Afundando-se, pois que o casco já pouco tem para dar,
Tão-pouco os ventos correm, nem ondas que sejam fartas!...
É, então, isto o que restou da nossa gloriosa alma de mar,
Em toda a mudança de ventos e sem velas a acompanhar!...

Manuel Nunes Francisco ©®
      - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub