Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

CONFRONTO CIRCENSE...

Eça de Queiroz.jpg

CONFRONTO CIRCENSE...

Vou dar entrada neste circo,
Num confronto com leões,
Estou farto de tiro com arco
E de aturar uns camaleões!...

O Coliseu está bem montado,
Com arcadas e escadarias,
Cá fora um povo assombrado,
Alinhavado por porcarias!...

Só que os gladiadores são poucos,
Para dar luta a tantos ursos
E a quem batem palmas os loucos...

Pela arena vai surgindo o pão,
Feito de farelos e recursos,
Amassado em suores e ilusão!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

MEMÓRIA A QUEM PARTIU...

Memória a quem partiu....jpg

MEMÓRIA A QUEM PARTIU...

Pelo cemitério nunca apareço,
Ao contrário de quanta gente,
Não significando que esqueço,
No tempo que veio pra frente!...

Não deposito flores na tumba,
Numa igual forma do anterior,
Nesta honestidade que tomba
E em que não me sinto inferior!...

Não alinho por falsos prantos,
Nuns lamentos de carpideiras,
Mais não sendo a choradeiras...

Falsas lágrimas de falsa mente,
Num dar nas vistas de urgente,
Tentando-se passar por santos!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

 

ESSA ESPERA DE SORTE E MORTE...

Viagem de repetidas séries... I.jpg

ESSA ESPERA DE SORTE E MORTE...

Não me recosto no sofá e esperando a morte,
Nem acorrento a vida, aguardando qual sorte,
Tampouco prendo os anos, pela vinda frente,
Soltando tudo aquilo a que me vem à mente!...

Sozinho, avanço pelas curvaturas do impreciso,
Sempre havendo quem de ofensa ao meu siso,
Porém, sigo e aguardo, rectas a certo horizonte
E provando que, por tal vida, não ando a monte!...

Enfrentando os obstáculos que me vão surgindo,
Avançando, tenazmente, em abcesso de estradas
E pelas quais conduzo, na rota por mim seguindo!...

Não pretendo dar corda a horas de um qual final,
Sabendo que o relógio soma, às suas horas dadas...
Quero queimar a poltrona do comboio ao divinal!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

ANIMAIS E SUAS FERAS...

Animais e suas feras....jpg

ANIMAIS E SUAS FERAS...

Questão!... Como não adorar animais,
Sapos, gatos, selvagens e outros mais?...
Resposta!... Como aceitar tal humano
E quando este é tão falso e desumano?...

Quão triste e desmedida, tal realidade,
Confrontada na verdade e sem vaidade,
Facada pelas costas, sangue de sorrisos,
A determinados e mais falseados juízos!...

A preferida vacina, dada ainda no berço,
Inoculada em rezas e luzidio falso terço…
Punho batido no peito, ao melhor jeito!...

Porém, serão animais uns tais selvagens,
Em comparação a quantas malandragens…
Reles seres, infiéis sorrisos num tal dito!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

RALLY DE MOTOCICLISMO STURGIS

Sturgis_South Dakota - Bike Week.jpg

Sturgis_South Dakota - Bike Week... II.jpg

Sturgis_South Dakota - Bike Week... III.jpg

Captura de ecrã 2023-01-25 152736.jpg

https://www.youtube.com/live/x2m_JLfWdbk?feature=share

https://youtu.be/TGcqzkszoaI

Rally de Motociclismo Sturgis

Sturgis é uma cidade localizada no estado norte-americano de Dacota do Sul, no Condado de Meade. É famosa por sediar um dos maiores rally de motocicletas do mundo. Segundo o censo norte-americano de 2021, a sua população era de 7107 habitantes.
O Sturgis Motorcycle Rally é um rally de motocicleta realizado anualmente em Sturgis, Dakota do Sul e na região vizinha de Black Hills nos Estados Unidos. Começou em 1938 por um grupo de motociclistas Indian Motorcycle e foi originalmente realizado para acrobacias e corridas. Desde então, o rali tornou-se um empreendimento pluralista que consiste em eventos organizados por muitos grupos diferentes. A participação tem sido historicamente de cerca de 500.000 pessoas, atingindo um pico de mais de 700.000 em 2015. O evento ocorre em 10 dias e gera cerca de $ 800 milhões em receita anual. O primeiro rally foi realizado por pilotos da Indian Motorcycle em 14 de Agosto de 1938, pelo Moto Clube Jackpine Gypsies. O clube ainda possui e opera as pistas, subidas e áreas de campo onde o rali está centrado. O primeiro evento foi chamado de "Black Hills Motor Classic". O fundador foi Clarence "Pappy" Hoel . Ele comprou uma franquia Indian de motocicletas em Sturgis em 1936 e formou os Jackpine Gypsies em 1938. Os Jackpine Gypsies foram introduzidos no Motorcycle Hall of Fame em 1997. Hoel foi introduzido no AMA Hall of Fame O ano seguinte. O foco de um rali de motocicleta era originalmente corrida e acrobacias. Em 1961, o rally foi expandido para incluir as corridas Hillclimb e Motocross. Isso pode incluir corridas de pista de meia milha (no primeiro ano em Sturgis, havia 19 participantes), colisões intencionais contra paredes de pranchas, saltos em rampas e colisões frontais com automóveis. O Sturgis Rally foi realizado todos os anos, com excepções durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1942, a decisão foi tomada pelo Black Hills Motor Classic Committee de não realizar seu evento regular até o fim da guerra. O motivo alegado para a não realização do evento foi a “incapacidade de obter talentos de alto nível”. O Sturgis Rally não seria realizado novamente até 1946, quando o Black Hills Classic se reorganizou e fez planos para reviver o rally de motocicletas. Originalmente, o rally era composto de dois eventos separados que duravam três dias. O início do evento foi um passeio cigano, onde os pilotos seriam guiados por Black Hills por uma escolta de membros do clube Jackpine Gypsy. Os dois dias seguintes seriam preenchidos com corridas de motos e automóveis. Eventos adicionais seriam realizados no distrito central de Sturgis, incluindo desfiles, danças e shows de animais. Durante os anos 1970 e início dos anos 1980, muitos participantes acamparam no City Park. Quando um recorde de 40.000 visitantes chegou a Sturgis em 1980, os residentes locais ficaram preocupados com o comportamento desses visitantes. Em 1982, um referendo foi apresentado à cidade pedindo-lhes que deixassem de fornecer serviços municipais, como estacionamento na Main Street, aplicação da lei e permissão para acampar no City Park. O advogado da cidade, Dale Hansen, informou que qualquer votação não seria vinculativa e não poderia interromper o rali porque o rali de motocicleta é patrocinado por grupos privados. Embora o referendo tenha sido derrotado por 1.454 a 826, a cidade de Sturgis seguiu o comité do Prefeito, recomendação para proibir o acampamento no Parque da Cidade e eliminar os ambulantes do centro. Por muitos anos, o rali foi um evento de sete dias começando na Segunda-feira durante a primeira semana completa de Agosto. Em Outubro de 2016, a cidade de Sturgis ampliou as datas da cidade para o formato de 10 dias e fez com que o rali começasse na Sexta-feira anterior à primeira semana completa de Agosto e terminasse no segundo Domingo. Em 2017, o Rally passou a ser um evento de 10 dias, começando na primeira Sexta-feira de Agosto. O Departamento de Transporte de Dakota do Sul fornece contagens de tráfego oficiais, que às vezes diferem dos números oficiais de comparecimento. A frequência é maior em aniversários importantes (por exemplo, 75º em 2015) e um ou dois anos antes do aniversário e cai no ano seguinte ou dois. "Participação" é definida como travessias de veículos em cerca de uma dúzia de estradas ao redor de Sturgis por 10 dias, colecta de lixo em toda a cidade, licenças de fornecedores emitidas em Sturgis e outras fontes, não apenas o número real de pessoas presentes no rali. A maioria dos participantes é contada várias vezes, portanto, o número real de participantes é muito menor do que o comparecimento listado. Por muitos anos, a Câmara de Comércio de Sturgis reivindicou a propriedade das palavras "Sturgis", "Sturgis Motorcycle Rally" e "Sturgis Rally & Races" por meio de uma tentativa de reivindicação de marca registada. Essas reivindicações de marca registada foram posteriormente transferidas para Sturgis Motorcycle Rally Inc., que fez esforços para fazer valer as reivindicações. Em 2018, o Tribunal de Apelações dos Estados Unidos para o Tribunal do Oitavo Circuito declarou a marca inválida em uma disputa entre Sturgis Motorcycle Rally Inc. (SMRI) e Rushmore Photo and Gifts. Em sua decisão, o Tribunal afirmou que o Sturgis Motorcycle Rally é um esforço pluralista promovido por várias organizações. Eles afirmaram ainda que o envolvimento da cidade não se estende além da prestação de serviços municipais. O registo afirmava: “Concordamos e sustentamos que o júri não poderia inferir do planeamento oneroso que a cidade se compromete a fornecer infraestrutura para o rali que a cidade foi o organizador ou patrocinador do rali. Permitir tal inferência equivaleria a dizer que seria razoável inferir que a Cidade de Nova York organiza as sessões da Assembleia Geral das Nações Unidas por tudo que faz para auxiliar sua ocorrência. Não se pode inferir do facto de que uma cidade aumenta seus serviços municipais para acomodar aqueles que comparecem a um evento – por exemplo, um funeral ou protesto político – que ela organize, promova ou patrocine o evento de uma forma que lhe permita adquirir a propriedade sobre o evento ou sua propriedade intelectual." Por muitos anos, a cidade tem um acordo com a SMRI e sua antecessora, a Câmara de Comércio da Área de Sturgis, para licenciar o uso das palavras "Sturgis", "Sturgis Motorcycle Rally" e "Sturgis Rally & Races". Esse acordo envolvendo a imposição de marcas registadas inválidas gerou milhões de dólares em royalties e dólares de patrocínio. Em 11 de Dezembro de 2019, o juiz federal Jeffery Viken ordenou que a SMRI não pudesse mais tentar reivindicar a propriedade de "Sturgis", "Sturgis Motorcycle Rally" ou "Sturgis Rally & Races". A ordem judicial exigia que os cancelamentos de marcas registadas fossem enviados ao Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos. A cidade de Sturgis calculou que o Rally traz mais de $ 800 milhões para Dakota do Sul anualmente. A cidade de Sturgis ganhou quase $ 270.000 em 2011 com a venda de guias de eventos e patrocínios. Em 2019, o Rally gerou $ 628.116 para instituições de caridade locais. Em 2020, o rali forneceu 21% da receita anual da cidade. Havia 187 indivíduos presos no rali de 2020. Aproximadamente $ 250.000 em motocicletas são roubadas anualmente. Os frequentadores do rali são uma mistura de trabalhadores de colarinho branco e operários e geralmente são bem-vindos como uma importante fonte de renda para Sturgis e áreas vizinhas. A manifestação transforma as estradas locais em "estacionamentos" e afasta a polícia local das patrulhas de rotina. Além disso, o grande número de pessoas visitando a cidade e a região serviu de modelo para o estado de Oregon em preparação para o eclipse solar de 21 de Agosto de 2017, dado o impacto esperado nos serviços de emergência. A tribo indígena Lakota em coalizão com outras tribos protestou contra a grande quantidade de álcool distribuído no evento tão perto do sagrado Bear Butte, mas também reconheceu que a renda do evento foi importante para a região e também beneficia alguns membros das tribos. Houve algumas mortes no Rally. As empresas de transporte transportam milhares de motocicletas para Sturgis para os participantes que chegam de avião.

- Fonte da Wikipédia, a enciclopédia livre - Manuel Nunes Francisco ©®

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub