Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

francisfotopoesiaeimagem

francisfotopoesiaeimagem

GOSTO DE QUEM SOU!...

Manuel Nunes Francisco ©®II.jpg

GOSTO DE QUEM SOU!...

Cada vez mais, gosto de quem sou!...
Língua afiada, palavras à exacta altura,
Aquelas que a liberdade me ensinou
E sentido de quem pouca merda atura...

Qual merda e chamada de neurónios,
A massa cinzenta e de certa cor preta,
Mergulhada em cinzas dos demónios
E qual, a luz individual, é tão discreta...

Assim, gosto desta minha forma de ser,
Pensar com a minha cabeça e perceber,
Os quantos pântanos podres existentes...

Posso nada ser, mas por muito sendo,
Sabendo aquilo que sou e percebendo,
Que sou parte dos já poucos resistentes!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

A POESIA É PARA OS LOUCOS...

Poesia II.jpg

A POESIA É PARA OS LOUCOS...

A poesia, é para os clarividentes!...
A loucura, para os sonhadores!...
A vida, para os de abertas mentes!...
E os mares, para os pescadores...

Aqueles que procuram o peixe,
Sem preocupações de tempestades,
Quem nesta pesca um tanto deixe
E sem que descreva quais saudades!...

A vida é poesia e escrita curta,
Um tanto difícil de conseguir,
No tempo, que tudo nos furta!...

Ah, eu sei, a poesia é para os loucos!...
Mas é para quem teime usufruir,
Dos dias, horas, minutos e tão poucos!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

MACHOS LATINOS, QUE SOIS...

Machos latinos, que sois....jpg

MACHOS LATINOS, QUE SOIS...

Adoro ouvir os machos latinos
E campeões de salto em altura,
Lançando sinais de andorinhas,
Ignorando o que têm por casa,
Certos só ligando de empurrão
E quantos nem sequer pegando,
Mestres de conversa, gentileza,
Machos no peso que carregam
E sustentando uma qual ilusão!...

Olhos cerrados, lindos meninos
E certos ressaltos na cornadura,
Obra às suas enormes adivinhas,
Sentindo-se em lumes de brasa,
Queimas e cinzas, que não terão
E por entre quais se vão cagando,
Pois que esse ego é de incerteza,
Troca da coragem que entregam
E sonhando ser algo que não são!...

Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

VIDA TORNADA CURTA...

Vida tornada curta....jpg

VIDA TORNADA CURTA...

A vida é feita passo a passo,
Seja sozinha, ou num abraço,
No tempo, que é tão escasso
E nesse deveras curto espaço...

É a exaltação no sem remédio,
Contos que contam, no contar,
Horas que atacam, por assédio,
Sem sequer forma de as evitar...

Nem tampouco de contornar,
Pois que esse tempo cavalga,
No relógio, sempre a adornar...

A vida é efeito de certa vitória,
Luta, condimentos que a salga
E cuja temperada a qual glória!...


Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

UM RENASCER DE CRIANÇA...

Flores e chocolate.jpg


UM RENASCER DE CRIANÇA...

Feliz o chegado momento,
De um renascer da criança...
As memórias, esse alento
E o encontrar a esperança!...

Haja alegria e mais vontade,
De seguir um longo caminho,
Havendo força, na ansiedade
E nunca se seguindo sozinho!...

São primórdios de uma vida,
Em passos dados pra frente
E por tantos que nos restam...

Da pessoal estória escondida,
Que nos alimenta e se sente
E naquelas que nos atestam!...

Manuel Nunes Francisco ©®
      - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

SOMOS UNS TRITES, INFELIZES...

 

Acto da minha rebeldia... II.jpg

SOMOS UNS TRISTES, INFELIZES...

Somos uns tristes, uns infelizes,
Neste planeta de merda...
Somos adultos, mas uns petizes,
Quer de Direita, ou de Esquerda!...

Estrelas, a Lua, quer o Sol, são iguais,
A terra é de uns, mas o céu é de todos...
Que morram quantos os chacais
E que se pensam donos, sem modos!...

Somos aquilo que queremos ser!...
Escravos e mordomos, de tantos
E nos vencem, em escarnecer!...

Somos filhos da eterna liberdade,
Porém, adormecidos em encantos
E reles prisioneiros da vaidade!...

Manuel Nunes Francisco ©®
      - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

SOU QUEM SOU!...

Sou quem sou!....jpg

SOU QUEM SOU!...

Hoje sou poeta, amanhã, quem sabe, artilheiro!...
Sou quanto fazem de mim!...
Sou a ínfima moeda, em mealheiro!...
E adoro continuar assim!...
Sou quem não querem que seja,
Talvez porque lhes dava jeito!...
Sou revolta e que se veja
E tamanha arma ao peito!...
Sou um santo, pela calma,
O Diabo, quando assim o querem,
Mas nunca um paz-de-alma!...
Prefiro ser filho da puta,
Que de puta ser filho e se tal disserem...
Sou guerreiro, oficial e não recruta!...


Manuel Nunes Francisco ©®
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

 

CONHECIMENTO VS IGNORÂNCIA

Conhecimento vs Ignorância.jpg

CONHECIMENTO VS IGNORÂNCIA

Dois rivais, que lutam em absurdo...
O conhecimento e a ignorância!...
Tanto que um é demais surdo,
Reclamando extra sapiência!...
Porém, o conhecimento prevalece,
Por mais que o oposto reclame
E nessa sua ignorância desfalece,
Até que de besta alguém a chame...
A ignorância, vive da ilusão,
No fantasma da sua estupidez,
Camuflada na sua hipócrita nudez!...
Nessa eterna luta e infernal,
Vence o conhecimento, do banal,
Enquanto a ignorância vomita confusão!...

Manuel Nunes Francisco ©®
      - Imagem da net -
Todos os Direitos de Autor reservados e protegidos nos termos da Lei 50/2004, de 24 de Agosto - Código do Autor. O autor autoriza a partilha deste texto e/ou excertos do mesmo, assim como a imagem inédita, se existente, desde que mantidos nos seus formatos originais e obrigatoriamente mencionada a autoria da obra intelectual.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub